Da academia para a indústria

>, Qualinews-In, Qualinews-in-04-2019>Da academia para a indústria

Da academia para a indústria

Conheça o projeto que está sendo desenvolvido em conjunto pelos estudantes vencedores da 1a Maratona de Ideias Qualidados Unijorge e o corpo técnico de Qualidados.

Em uma parada de manutenção – ou durante a execução de obras em plantas industriais – um dos grandes desafios é a gestão das informações. Ter em mãos, com agilidade, dados confiáveis de apoio à tomada de decisão, é algo que pode fazer toda a diferença no sucesso ou fracasso de um empreendimento. É por isso que as empresas adotam sistemas informatizados de acompanhamento e controle. Mas já imaginou se os técnicos tivessem à sua disposição uma ferramenta on-line que lhes permitisse atualizar os dados em tempo real na área industrial por meio de dispositivos móveis como smartphones e tablets?

É numa proposta como essa que estão trabalhando os estudantes que foram destaque na 1a Maratona de Ideias Qualidados Engenharia Unijorge. A parceria – nascida de uma sugestão proposta por um colaborador no Banco de Ideias do SisJOIN, o Sistema de Gestão da Inovação adotado pela empresa – foi deflagrada em outubro de 2018, em um evento que mobilizou mais de 40 estudantes e profissionais das áreas de TI, Engenharia e Administração.

Durante dois dias, com uma agenda intensiva de atividades, os jovens foram desafiados a encontrar soluções inovadoras para acompanhamento e controle de paradas de manutenção e obras industriais. Os integrantes dos times classificados nos três primeiros lugares ganharam prêmios como bolsas de estágio, livros e inscrições em cursos. Mas tudo isso foi apenas o ponto de partida. De lá para cá, o grupo vem trabalhando, com o suporte da Qualidados, para aprimorar e desenvolver seu projeto inicial.

No último dia 15 de março, por exemplo, eles se debruçaram sobre a tarefa de construir um “protótipo rústico”. Ao contrário do que possa parecer, não se trata da miniatura de um equipamento, mas da montagem de uma sequência de telas, desenho global do sistema e modelos de painéis de controle, mostrando o fluxo das informações no sistema. O próximo passo agora é testar e validar o protótipo, de modo a permitir que a solução seja implementada.

“Nossa ideia é criar um aplicativo que facilite a vida das equipes durante as paradas: assim que um serviço for concluído, o técnico poderá atualizar a informação no celular e ela já estará disponível para o fiscal do contrato, sem qualquer delay“, explica Samuel São Miguel, aluno do 10o semestre do curso de Engenharia Mecânica da Unijorge, que, após participar da maratona, recebeu e aceitou o convite para estagiar na Qualidados. Seja qual for o destino das ideias surgidas durante a atividade, Samuel já tem uma certeza: “A maratona me fez ver que o caminho que eu quero seguir é o da inovação, trabalhar de forma integrada com outras pessoas na busca de soluções inovadoras para problemas”.

2019-04-16T18:47:19+00:0016/04/19|

About the Author: