Em sintonia com nossos princípios e valores éticos.

>>>Em sintonia com nossos princípios e valores éticos.

Em sintonia com nossos princípios e valores éticos.

Veja como o Compliance está ajudando as empresas a se reconectarem com seus valores durante a pandemia.

Às vezes, é quando somos confrontados com os maiores desafios que temos condições de ver com mais clareza a importância de buscar refúgio nos nossos princípios e valores mais essenciais. Esta lição simples – que vale para indivíduos e empresas – ajuda a entender o papel que a implantação do programa de Compliance pode desempenhar para organizações no mundo todo durante o difícil processo de superação dos grandes desafios provocados pela pandemia do coronavírus.

Surgidas pela aplicação da lei anticorrupção, e em decorrência da demanda do mercado por parte dos grandes clientes, as políticas sistemáticas de prevenção, detecção e resposta contra práticas antiéticas vêm sendo cada vez mais implementadas pelas empresas.

Os programas sistêmicos de compliance visam garantir que as organizações atuem em consonância com exigências éticas, integras e legais (o nome Compliance vem do inglês to comply – que significa “estar de acordo com”).  Nesse sentido, eles se apoiam em um sistema, com várias disciplinas e estratégias para prevenir, detectar e punir desvios, disseminando a cultura de valorização dos princípios éticos e íntegros nas organizações.

Responsabilidade social – Um dos maiores especialistas no assunto no país, o consultor José Guimarães – que é advogado, auditor e professor coordenador da Pós-Graduação em Compliance da Faculdade Baiana de Direito – lembra que, em momentos de crise, a necessidade de controle, atenção e combate a desvios e fraudes se torna ainda maior. Além disso, os programas na área têm ajudado as empresas a ver com mais clareza a importância do compromisso ético nas ações de resposta à pandemia e do desenvolvimento de ações de gestão, mitigação dos riscos, adequação à nova realidade dos clientes, e a responsabilidade social.

José Guimarães cita uma série de grandes empresas que têm processos de Compliance bem estabelecidos e, não por acaso, durante a pandemia, se destacaram por iniciativas de boa gestão de crise e atenção às prioridades adequadas, valorizando as pessoas e dando continuidade aos treinamentos. Além disso, o especialista cita também a visão com a responsabilidade social decorrente da atuação e da participação direta das lideranças de Compliance, tanto nas escolhas quanto nas metodologias e definições, com, inclusive, os Due Diligence de Integridade, com grandes ganhos na imagem e na valorização da marca.  É o caso, por exemplo, da BR Foods, que doou mais de R$ 50 milhões em alimentos, insumos médicos e no apoio a fundos de pesquisa e desenvolvimento social para combate à Covid-19, fora as ações solidárias e de doação diretas, e da 99 Táxi, que, entre outras ações, passou a  conceder desconto nas corridas para bancos de sangue e gratuidade no transporte até delegacias de mulheres vítimas de violência doméstica durante a pandemia. Ainda é possível citar a BRASKEM, que, além de várias iniciativas de doação, construiu um hospital de campanha e ajudou inúmeras prefeituras e hospitais, além da própria Petrobrás com um volume enorme de atuação filantrópica nesse sentido. Tem-se ainda várias outras, como Grupo Ype, PepsiCo, Odebrecht, AG, Marfrig Global Foods, Usiminas, Banco Itau, Vale, Grupo Votorantim, VW, iFood, Sanofi, TRONOX, Uplexis, ACCOR HOTELS, TecnipFMC.

Valores éticos – Desenvolvido desde junho de 2019 na Qualidados – com a consultoria de José Guimarães -, o Programa de Compliance também vem colaborando para reforçar, visibilizar, sistematizar e demonstrar ainda mais os valores éticos que embasam a atuação da empresa, com 27 anos de existência, desde sua fundação. “O fato de adotarmos um programa alicerçado nos pilares da integridade, da ética e da conformidade confere à Qualidados uma base sustentável para enfrentar qualquer situação”, acredita o sócio-diretor Claudio Freitas, ao ressaltar a preocupação da empresa, durante a pandemia, em cumprir de forma rigorosa os protocolos de saúde recomendados pelos órgãos competentes, além das regras estabelecidas pelas empresas clientes.

Integrante da equipe especial de investigação de denúncias apresentadas no Canal de Ética, criada, capacitada e treinada pelo Programa de Compliance, a coordenadora de Recursos Humanos da Qualidados Raquel Melo chama a atenção também para o modo como a empresa vem conseguindo ressignificar suas ações e se adequar às alterações geradas pela pandemia, sem gerar descontinuidade para o processo. “A prática do Compliance demonstra maturidade e segurança com transparência, estes são alguns ganhos que validam a missão e a visão da Qualidados, voltada para a ética e compromissos com os nossos clientes, fornecedores e colaboradores”, opina.

Coordenador do Compliance na Qualidados, Getúlio Botelho ressalta que durante a pandemia a empresa não só deu continuidade à iniciativa como está cada vez mais atingindo objetivos. “Estamos amadurecendo o programa com ações e treinamentos e debates. Como resultado, o programa está ficando mais forte, dando segurança à nossas ações e garantindo confiança e aumento de nossa reputação diante de nossos colaboradores e clientes”, resume Getúlio.

Preposta do contrato da Qualidados com a Petroquímica Suape, em Pernambuco, Poliane Pires testemunhou na prática os ganhos que o Compliance – e sua ênfase em valores éticos – podem trazer. Depois de participar do treinamento sobre o tema, Poliane comentou a experiência com o seu fiscal de contrato, que participou de um evento virtual com o consultor José Guimarães e começar a aplicar o conhecimento em suas atividades do dia a dia. “Percebi que a adesão ao Compliance é algo que pode trazer um diferencial competitivo muito grande na conquista de novos contratos, porque demonstra a seriedade dos nossos princípios na prática, com todas as evidencias necessárias para comprová-los”, conclui Poliane.

Certamente a Qualidados Engenharia, de forma bem planejada e visionária, está saindo bem preparada e fortalecida com o Programa de Compliance, que evidentemente não caminha sozinho, tem também o forte apoio de um excelente programa de Governança que foi bem implantado, além do apoio total da alta administração, líderes e funcionários, superando os desafios, fechando novos contratos, crescendo e contratando mesmo diante da Covid19.

2020-11-10T13:07:46+00:0010/11/20|

About the Author: