Na era das soluções remotas

>>>Na era das soluções remotas

Na era das soluções remotas

Qualidados investe no desenvolvimento de soluções inovadoras e em ferramentas de gestão para viabilizar atividades a distância relacionadas à manutenção.

Como conciliar o planejamento e a execução de serviços de manutenção industrial com a necessidade de distanciamento social? O investimento em soluções tecnológicas inovadoras e em ferramentas de gestão já consolidadas estão entre as apostas da Qualidados para auxiliar seus clientes diante dos desafios trazidos pela pandemia. Em meio aos riscos gerados pela disseminação do coronavírus, a ordem é explorar ao máximo as soluções que viabilizam atividades a distância.

No momento, a grande novidade é o desenvolvimento em parceria com startups de soluções tecnológicas para atender às demandas por serviços remotos nas áreas de inspeção, monitoramento e análise de causas de falhas em equipamentos e sistemas, além de fiscalização e comissionamento em paradas e obras.

Em paralelo, a empresa – que hoje mantém cerca de 60% da sua força produtiva trabalhando em home office – se vale de uma expertise acumulada de forma pioneira. O diretor Luiz Henrique Costa conta que a Qualidados foi responsável pelas primeiras experiências no país de planejamento de paradas a distância. Em 2005 e 2006, o formato foi adotado em duas paradas de manutenção da UN-BSOL (atual UO AM), uma unidade de processamento de gás da Petrobras localizada em Urucu, no Amazonas.

“Na época, todas as atividades de preparação de parada, incluindo definição de escopo, detalhamento de atividades, elaboração dos cronogramas, apoio na contratação de materiais e serviços, planos de SMS, logística para deslocamento de máquinas, equipamento, materiais e pessoas para a unidade, além de análise de riscos e procedimentos específicos de manutenção foram realizados em Salvador”, relata Luiz.

A tarefa foi possível graças a uma metodologia de gestão de paradas de manutenção que conta com processos, procedimentos e ferramentas bem definidos que viabilizam a realização das atividades de planejamento fora da unidade industrial do cliente. Dessa maneira, o deslocamento da equipe só se torna necessário para coleta de informações em campo e na fase de acompanhamento e controle das paradas.

O diretor reconhece os desafios que o formato a distância pode trazer, por exemplo, para o estabelecimento de uma comunicação eficaz entre as equipes de planejamento e manutenção e também para a agilidade na tomada de decisões ao longo da fase de preparação, com a distância física que se estabelece entre todos os envolvidos na análise crítica, acompanhamento e controle das fases. “Mas todos estes desafios podem ser enfrentados e mitigados pela existência de uma metodologia madura na Qualidados, que adota ferramentas de controle e planos de comunicação, entre outros instrumentos”, ressalta o diretor.

2021-04-20T16:34:30+00:0014/04/21|

About the Author: