Conhece o termo Scrum? Trata-se da metodologia ágil criada para melhorar o gerenciamento de projetos no desenvolvimento de software. Saiba que essa técnica é uma das mais utilizadas entre as metodologias atualmente, graças a sua relativa simplicidade e facilidade de adoção.

Hoje, o Scrum evoluiu e pode ser usado no gerenciamento de qualquer projeto, não apenas para softwares.

Como surgiu o Scrum?

Em 2001, um grupo de especialistas e experientes em desenvolvimento de software publicou um manifesto que continua influenciando a maneira como se pensa e faz tecnologia até hoje.

O Manifesto para Desenvolvimento Ágil de Software (Agile Manifesto) dizia o seguinte:

“Estamos descobrindo maneiras melhores de desenvolver software, fazendo-o nós mesmos e ajudando outros a fazerem o mesmo. Através deste trabalho, passamos a valorizar:

Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas

Software em funcionamento mais que documentação abrangente

Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos

Responder a mudanças mais que seguir um plano

Ou seja, mesmo havendo valor nos itens à direita, valorizamos mais os itens à esquerda.”

O Scrum não é um processo padronizado onde metodicamente você segue uma série de etapas sequenciais e que vão garantir que você produza, no prazo e no orçamento, um produto de alta qualidade e que encanta os seus clientes.

Em vez disso, o Scrum é um framework para organizar e gerenciar trabalhos complexos.

Um framework, pode ser explicado de maneira geral como uma estrutura de conceitos básicos que servirão de norte para o seu trabalho.

Enquanto metodologias apresentam caminhos definidos e trilhados, frameworks pressupõem apenas que diante de qualquer coisa que apareça nesse caminho, o modo de pensar e buscar uma solução será o mesmo.

“Scrum” e “Ágil” (alguns preferem usar a palavra em inglês: Agile) parecem ser intercambiáveis quando você entra pela primeira vez nesse mundo, mas há uma diferenciação importante.

Ágil nasceu das técnicas utilizadas por inovadoras empresas japonesas nos anos 70 e 80 (empresas como Toyota, Fuji e Honda).

No meio dos anos 90, um homem chamado Jeff Sutherland ficou decepcionado com empresas que constantemente o atormentavam com projetos que tinham um cronograma apertado e um orçamento exagerado. Ele decidiu encontrar uma maneira melhor de fazer isso.

Suas pesquisas o levaram até essas empresas japonesas e seus métodos Ágeis. Baseando seu trabalho nisso, Sutherland criou a metodologia Scrum. Depois de uma série de sucessos usando seu novo método, o Scrum começou a se espalhar rapidamente por todo mundo do desenvolvimento de produtos.

Os 3 pilares da metodologia Scrum

O Scrum é sustentado por 3 pilares:

1-Transparência

Todos os documentos e outros dados importantes para o sucesso do projeto devem estar visíveis para todos aqueles que fazem parte dele.

2- Inspeção

De tempos em tempos, é necessário fazer uma inspeção para verificar se o processo está correto, atendendo padrões de qualidade e no caminho certo.

No Scrum, normalmente, a inspeção acontece na reunião diária (Daily Scrum).

Sua equipe sabe conduzir bem uma reunião? Para trazer resultados efetivos, vocês irão precisar de um bom planejamento.

Nessas reuniões as pessoas envolvidas no projeto compartilham informações e discutem assunto como:

  • O que está sendo feito;
  • O que se pretende fazer;
  • Identificam impedimentos;
  • Definem prioridades conforme o que foi discutido e acordado em equipe.

3- Adaptação

Acontece após o momento em que a inspeção é feita.

Imediatamente ações são criadas e implantadas no processo para melhorá-lo.

Qualquer problema deve ser ajustado o mais rápido possível para que não haja falhas e se atenda às necessidades do cliente final.

Scrum e a gestão de empresas e projetos

Com um mercado cada vez mais competitivo, se faz necessário repensar a organização das empresas: é preciso se adaptar a qualquer mudança no meio de atuação rapidamente e evitar surpresas e perda de competitividade.

A transformação digital tem um papel de grande importância nesse movimento em busca de agilidade, fornecendo uma série de ferramentas que possibilitam o uso de metodologias como o Scrum para a gestão de empresas.

A adoção do Scrum tem o poder de liberar o potencial das equipes de projetos dando mais agilidade e eficiência contribuindo para uma maior flexibilidade e criatividade.